11 de maio de 2009

Historias de um show..

Eram 6 da tarde quando eu sai de casa, e quase 7 quando eu peguei um taxi, para ir até a fiergs, mais de 8 quando a gente desceu na frente da fiergs, e 8:22 quando a gente entrou lá dentro.

Primeira historia: taxista;
Ele era bem simpático, só que ele começou a falar, que aquela corrida, ia prejudicar ele por que ele ia passar na casa da vó dele, que já tinha 92 anos, morava em cachoeirinha, morava de favor na casa do filho, era viúva, mas ainda ia longe, ele se emocionava ao falar da vó. Falou também do coroa dele, que eu nao sei quem é, por que ele falou que o pai dele ja morreu. Falou que morava em guaíba, ele falou ate o modelo do carro dele, por que o taxi não era dele, era daquele coroa lá.. Ficamos uma hora dentro daquele taxi.. E poderíamos ter ficado mais, por que um boooooooooom pedaço, ele foi pelo acostamento. Graças à Deus.. Mas enfim.. Chegamos vivas..

Segunda historia: Infiltramento pista a dentro;
Assim que terminou o show do strike, eu agarrei a mão da minha mãe, e fui andando, e me metendo no meio da pista, eu queria tanto ver o di *--* E valeu a pena, eu vi ele :D
Tava mara o show do nx zero, eu pulei, cantei, gritei, fiz de tudo...


Terceira história: Intervalo de shows strike/nx zero: Trovas;
No intervalo dos shows do strike e do nx, enquanto a gente esperava o show do nx começar, as pessoas iam passando do nosso lado, entre nós duas e afins, e no meio disso, a minha mãe comentou comigo, dos 3 caras lindos que passavam.. No meio desse vuco-vuco os 3 vieram me trovar, e era assim
- Hola! Me da um beso, por favor, sólo uno...
- Não, não.. eu não posso *risos*
- Só uuuuum *--*
- Eu..
- Tu ta sozinha?
- não, e apontei pra minha mãe.
Eles sorriram e continuaram pedindo o maldito beijo, com aqueles olhos, aqueles músculos, aquela voz.. enfim..
Eles voltaram e perguntaram meu nome, eu disse 'Isadora' Perguntaram de onde eu era, eu disse 'De porto mesmo ;)'
Eu perguntei o nome do que me mais me trovava; Era Diego, de Santa Maria. Nisso eu comentei que eu era de Caçapava, e ele falou 'aaahm, pertiinho :D' E eu ri né.. Eles saíram um pouco, e voltaram falando que estavam interessados na minha amiga, e eu disse que não, que era minha mãe, e ela tinha marido. O tal Diego soltou um 'ÉÉÉÉS MI SOOOOOGRA' e sumiu no meio daquelas 20 mil pessoas, sem o beijo, e eu curti o show do nx pensando 'POR QUE EU NAO PEGUEEEEI :@' Mas valeu ;D

Quarta historia: Mães também levam trovas:
Não foi beeeem um trova.. Foi um creuzinho e uma cafungada no pescoço..
Eu ri ate umas 3 da manha.. dai eu ja nem tinha forças pra rir... (vide comentários)

Quinta historia: Aquela menina que acha que abala;
No show do charlie brown jr, eu dancei, pulei, cantei mais do que em todos os shows, até mesmo que o do nx. No meio do show, enquanto eu dançava sem me preocupar com o que as pessoas na minha volta iriam pensar, chega uma guria e me imita em tudo que eu faço. Dança como eu danço, meche no cabelo como eu mecho e coisas assim. Ela tentou puxar assunto, mas o show tava mara demais, e eu não ia parar e bater um papo, né?

Bom.. Acho que essas foram as melhores partes, das 10 horas de show que eu enfrentei pulando e cantando...
Fui embora da fiergs as 5:20 da manha, não aguentei o show do armandinho..
Mesmo eu adoraaando o meu priminho..
Já fui em show dele, com direito a camarim e tudo, e aquele já valeu.
Pô, eram 5 da manha, e eu tava com sono.
E era isso.
Quase isso.
Teve muitaaas outras historias, mas essas foram as melhores.
Ah, e comentem! Beeijos! :*

5 comentários:

Betina disse...

um comentário que eu estou fazendo do teu lado, dsuhfdauifhdiauh :B
mas tu não leu ainda o que eu escrevi, sdfhasduifhsduhfodsfh
ta, chega, saifuhasdfi
amei o texto *.*

Joanaa ;D disse...

uhul GRAAAAAAAAAAAAAANDE postagem (:
ai, qeria ter ido :/

Guilherme disse...

ashdiuashduasd altas trovas ;p
queria te ido tbm =/

Renata Severo disse...

Olha só, acho melhor explicar com mais detalhes o tópico "Mães tbm levam trovas"!!! Creuzinho!? Cafungada!? hahahaha
Foi isso mesmo q aconteceu, mas é preciso explicar q foi um maluco q passava enquanto a gente caminhava calmamente c o lanche na mão durante o intervalo. Não tive nada a ver c o episódio. Na hora levei um baita susto, mas q depois foi engraçado, isso foi...

Ana Carolina disse...

Texto Maara :D