12 de dezembro de 2010

Elas.. Me permitem escrever o que eu sinto; Meus sentimentos são traduzidos para palavras, e procuram traduzir para o outro o que eu sinto. Eu me comunico, eu toco, eu sinto. Carinho. Aquele amor que não se mede, pode ser transformado de qualquer forma criativa. Elas produzem as palavras, que me ajudam a transmitir meu carinho, amor e cuidado. Não preciso de mais nada.. Minha mãos me completam, junto com o meu olhar. Apenas um, transmite tudo; Carinho, amor, confiança, cuidado.. Pode ser muito especial, porém letal. As vezes, não é preciso o toque para o amor existir, apenas o olhar e o poder das palavras que minhas mãos produzem me bastam. A presença física, em alguns casos, não é realmente necessária para que o amor se faça presente..
E então chegamos no inevitável: Será que um beijo consegue transmitir mais carinho do que um olhar e um toque juntos? Um encontro de mãos e de olhos pode ser magico, ou apenas uma troca de palavras acolhedora.. Porém, esses três fatores juntos produzem a harmonia perfeita para que duas pessoas realmente estejam juntas. Um toque, depois um olhar e para finalizar: O beijo, que muitas vezes é visto como o mais importante de tudo.. Não para mim.

Um comentário: