6 de dezembro de 2009

Até que a morte nos separe

Desde cedo aprendemos que devemos primeiro encontrar alguém que amamos de verdade, namorar algum tempo (seja esse tempo curto ou não), e que depois desse tempo, quando tivermos certeza que essa é a pessoa certa, receberemos um pedido de casamento lindo, romântico; e depois disso, começaremos com os preparativos para o casamento, que será em um dia lindo, com convidados felissímos, e com noivos mais felizes ainda, e além de tudo isso, ainda teremos uma lua de mel perfeita, em um lugar absolutamente lindo e perfeito. Só que nem sempre é como sonhamos a vida inteira. Nem todo mundo pensa igual. Em alguns casos, o casamento tão sonhado e perfeito desmorona por cima de nossas cabeças, apenas por que exigimos demais uns dos outros, ou, esperamos que o casamento seja sempre flores e no primeiro problema que aparece, o amor que a gente tinha certeza que sentia, some. E em outros, o casamento apenas não nos atrai, não faz nosso gênero, não é o que sonhamos... Um casamento, da realmente certo, quando duas pessoas que tem a mesma perspectiva de vida, os mesmo desejos, se amam, e pretendem viver juntos. Casamentos, não são necessariamente aquelas cerimonias lindas, que todos esperamos ter um dia. Viver junto, com uma relação de confiança e amor, muitas vezes da mais certo, do que aquele casamento que todo mundo sonha. Afinal quando nos casamos, não sabemos o que nos espera. Filhos, contas, a relação dia após dia, os problemas, as soluções. Casamentos baseiam-se em convívio, amor, confiança. Qualquer relacionamento deve ser baseado na confiança em sua grande parte. Além do amor é claro, se não existe confiança, não iremos a lugar nenhum Quando nos casamos, queremos alguém que saibamos que poderemos contar para sempre. Alguém, que tenhamos certeza que não nos deixará na primeira dificuldade. Alguém que seja especial pra nós. Sempre aprendemos que amaremos apenas uma vez na vida. Ninguém sabe se isso é ou não verdade. O que se sabe, é que quando amamos, mudamos, crescemos, evoluímos. O amor muda as pessoas, embeleza, rejuvenesse.. Amor faz bem, é bom, e a gente sempre espera que nunca acabe. E muitas vezes um casamento se torna apenas um artificio para o amor não acabar. É preciso saber que se o amor acabar, não era amor como a gente pensava. Tudo na vida tem 50% de chance de dar certo, e 50 de dar errado. Casamentos não seriam diferentes. Não devemos ter medo do divorcio, apenas devemos casar sem pensar nele.

Pauta para; Blorkutando

6 comentários:

Jana Barreto disse...

acho que o erro das pessoas (talvez meu erro também) é começar algo esperando demais de outra pessoas, sabe? vc tem uma imagem e depois de um tempo ela muda, isso decepciona... Mas ninguém pode ser o que não é. Eu acredito sim em casamentos, acho que eles podem dar certo, mas também acredito que podem não dar. Como vc falou, é 50/50.
O importante é começar qualquer coisa pensando que vai dar certo, tem que fazer dar certo. ^^
Boa sorte, querida.
Beijo beijo =*

●๋• тнαi иαรciмєитσ disse...

Bem legal o seu post. Realmente não existe um "manual" para o casamento e Às pessoas raramente atendem as nossas expectativas. Mas apesar disso, eu sonho com um bom casamento.

Ahn, vi q vc tá lendo "Crepúsculo". É bom né? Já estou chegando na metade de "Lua Nova" :D

Um abraçãao e boa sorte no Blorkutando*

Mel disse...

"Não devemos ter medo do divorcio, apenas devemos casar sem pensar nele." Realmente é a verdade, tudo pode dar errado e não devemos sofrer por antecipação, arriscar é sempre bom. Não acredito muito nisso de felizes para sempre e até que a morte nos separe, acho que tudo é bom enquanto dura, mesmo que não seja para sempre. Amo o seu blog, e você escreve super bem. Parabéns pela indicação de revelação no blorkutando, realmente o seu blog é muito perfeito. Obrigada por ser minha fã e tenha certeza que é recíproco! Beijos, Mel!

Jana Barreto disse...

Oiew!
Vim agradecer pelo teu comentário, menina! Que bom que tu gostou. de verdade, fico muito feliz. ^^
Thanks!
Beijo beijo =*

Giovanna disse...

amei

Sabrina Mix disse...

Oi, Isa!

Também estou participando do Blorkutando. Adorei a abordagem que você deu ao tema.

Beijos e sucesso!!!

MEU BLOG: http://www.sabrinamix.com