8 de dezembro de 2009

É tão triste pensar, que passaremos 9 meses estudando, e teremos apenas 2 meses e alguma coisa de ferias. Eu sinceramente, chego a ficar angustiada quando me do conta disso. Alguém já parou pra pensar sobre isso? Passamos um ano inteiro estudando, acordando 6:50 da manha, pra termos 2 meses e alguma coisa de ferias, muitas vezes não podendo fazer as coisas que sentimos vontade de fazer o ano todo, como ir nas festas que gostamos, chegar um pouco mais tarde em casa, namorar o dia todo, ir para a praia, tomar banho de piscina.. Não to falando que não vale a pena estudar o ano todo, nem que não se deve estudar o ano todo - até por que, acredito eu, que vale muito a pena - só estou comentando, que é angustiante saber que depois de todo aquele esforço que tivemos o ano inteiro, as provas, os trabalhos, o sono, o cansaço, a paciência (...), teremos apenas dois meses e mais um pouquinho para aproveitar tudo que não podemos aproveitar o ano inteiro. Ou seja, precisamos dar um jeito de colocar 9 meses dentro de dois meses e meio, e ainda dizer, nossa, eu amo ferias.
Sim, eu amo ferias. Mas amaria, se tivéssemos no mínimo um ano letivo mais justo, com professores que nos respeitam, e que merecem o nosso respeito. Professores responsáveis, e que nos mostrem que a nossa responsabilidade vale a pena, que entendam que não temos apenas uma matéria, e sim 10, e que precisamos ir bem em todas elas.
Enfim, queríamos apenas professores, que assim como nós, tivessem capacidade de arcar com as consequências da profissão que escolheram, sejam elas boas ou ruins.

5 comentários:

Ana Carolina Lima Da Rosa disse...

ah é verdade.
porque tanto esforço, durante o ano inteiro, com trabalhos, provas, se no final teremos apenas 2 meses e um pouquinho, para aproveitar da maneira, que acharmos melhor, mas perdemos muitas coisas, de fazer, e viajar em periodos de aula :*

Flor disse...

aaaaa Sou suspeita pra falar: eu amo estudar! O mais angustiante pra mim são exatamente as férias, rsrs... Aliás, nem um nem outro é angustiante, se for parar pra pensar. Eu aproveito o ano todo mesmo. Chego tarde no meio do semestre, emendo da aula direto pra festa ou pro show. Vou pra praia no fds que der certo. Enfim.. Chega um momento que vc aprende a conciliar dever e lazer, e tudo passa a ser um emaranhado chamado Vida, com a qual vc bate no peito e diz: eu sou feliz! rsrs...

betina disse...

é verdade, eu fico tão ":@" com isso, siuadhfuifdiusadf
eu quero mais férias :(

P.S.: vai ler o mesmo livro que eu, safadjenha, o da maitê proença, oieuwhufihsdpuahudifiushdfuasdpiufsd :B

Miuki B. disse...

É, eu penso bastante nisso. E sim, é angustiante pensar sobre o assunto. O pior é que eu não tenho como sair nas minhas férias pelo simples fato de que somente eu estou de férias em minha casa e não tenho quem me leve para passear (não sou cachorra. q)... Então, eu sofro o ano todo estudando para ficar dois meses trancada dentro de casa dormindo. Ah, mas o sono compensa...
Quando der, visita o meu blog, esta meio, quero dizer, muito desatualizado, mas ainda nessa semana ou nessa quinzena, eu atualizarei, com certeza. Estarei esperando a sua visita ansiosamente.

Mel disse...

É bem injusto, né? Aturar os professores chatos, as milhares de aulas e as provas, e mais provas, para no final termos apenas (no meu caso) exatos dois meses de férias contando, é claro, com o recessso de julho!? Além de ter uma tal gripe suína no meio para enrolar tudo, mais ainda. Amei o post, até por que me identifiquei muito com ele. Beijos e como você já sabe eu amo o seu blog, Mel!