5 de maio de 2011

Sem essa historia de você é o motivo para eu levantar todos os dias, ou você é o motivo de cada sorriso meu. Eu levanto todos os dias por que eu preciso levantar e como consequência disso eu preciso te ver e saber que eu te tenho aqui, eu sorrio ao pensar em ti ou ao te ver por causa do que eu sinto por ti e não apenas pelo fato da sua existência, e por ai vai... Eu tenho plena consciência que a partir do momento que eu não puder mais contar com você, nem souber mais que você estará aqui para me fazer sorrir, eu seguirei sorrindo, e seguirei levantando de manha, por que existem outras mil coisas que me fazem levantar e sorrir; coisas essas que podem me fazer muito mais feliz, já que eu sei que elas sempre estarão lá por mim, como meus amigos, minhas musicas e o principal de tudo: minha força de vontade. Eu sei que por mais amor que eu tenha dentro de mim, por mais mal que eu me sinta com a sua ausência, isso não é tudo; existem muitas outras que me fazem feliz e me completam.

Eu preciso ser superior a sua ausência, e aproveitar cada momento de paz que eu tenho, mesmo sem saber que você estará lá por mim no fim do dia. Preciso manter fixo o pensamento de que muitas coisas melhores me esperam não só no fim do dia, mas no fim de tudo isso. Tudo começa, assim como tudo termina; a vida é tão simples, e nós criamos tantas maneiras de complica-la que nos perdemos no meio dos sentimentos que criamos e sentimos. O medo que devemos sentir é do momento que sempre saberemos o que nos espera no fim do dia, e os exatos motivos que nos farão sorrir. A vida deve ser uma surpresa eterna, em que não sabemos onde procurar, mas sabemos que não importa aonde seja, sempre acharemos motivos para sorrir; devemos temer o momento em que nossa felicidade dependerá exclusivamente da felicidade de outra pessoa, pois esse momento é o mais infeliz e decepcionante de todos; é quando nos damos conta que não somos o suficiente para nós mesmos ao ponto de a nossa felicidade não bastar...

2 comentários:

Selva P. disse...

Êi linda, estou te seguindo.
Lindo blog, me segue também?
Beijooo ;**

http://umamor-demenina.blogspot.com/

Carol disse...

As vezes se torna desesperador podermos contar apenas com a nossa própria presença, de fato, acho que todos já sentiram isso. Mas há mais pessoas do aquela em especial onde podemos buscar apoio, belo texto, fiquei encantada com seu blog. :)
Carol