19 de março de 2009

Socorro

Eu olho pro lado, e não vejo ninguém junto comigo, ninguém pra quem eu conte tudo e confie plenamente, eu não sei, eu olho pra trás, e me arrependendo de quase tudo, eu penso, e penso, não há nada que eu pensa 'valeu a pena, eu faria assim de novo' , não há nada. eu não sei.. eu olho pra frente, e não sei o que esperar, tenho medo, morro de medo.
Me da uma tristeza, eu olho pra tudo quando é lugar, e em lugar nenhum eu vejo uma saída, um lugar de escape, eu lugar onde eu posso tirar ferias de todos esse problemas.
Não existe nada que eu tenho feito, que eu saiba que valeu a pena, eu tenho que esperar o tempo todo que o tempo passe, o tempo anda passando rápido demais, mas devagar demais, entende? Eu preciso aprender a curtir a minha vida, ser medo de feliz, tendo alguém pra contar, pra abraçar, alguém que eu me sinta segura, alguém. só, alguém. Eu quero um determinado alguém.

4 comentários:

Liziane Dotto disse...

Isa, demora um pouco, mas um dia o "talzinho" invade a nossa vida, arrasa nosso coração e tchannnnnnnnnnnnnn... depois com os anos vamos apreciando os raros momentos de solidão... de silêncio e da sobra de tempo para pensar em nada... bjs, adoro teu blog!

Renata Miranda Ragagnin disse...

calma... é só uma questão de tempo...

Nanda Mayora disse...

Querida do coração...se eu pudesse apenas te dizer:calma,já passei por isto e adiantasse algo...eu te diria...mas sinceramente?não adianta....
e sabe do que mais?quando tu tiveres 31 anos vais ter saudade desta época em que tu não tinha certeza de nada .....um beijo enorme....adoro teu blog...

Isadora disse...

é isso que em acalma! brigada pelo carinho *-*